10 maio 2008

Grey's Anatomy 414 - The Becoming

Me lembro dos dias em que eu era fã do casal Derek/Meredith. De como o romance deles me emocionava. Ainda lembro da raiva que eu senti quando descobrimos que Derek era casado e como eu tentei - em vão - odiar a Addison, para acabar sentindo apenas simpatia por ela e um desgosto profundo pela Meredith.

Chorona, chata e sem sal. Esses são os adjetivos que eu tenho para Meredith nos últimos tempos e com a entrada da Lexie Grey na série, podiam muito bem mandar a Meredith para o Himalaia em busca de equilíbrio interno e a série ainda poderia se chamar Grey's Anatomy.

Ok, os fãs da Melosa Grey podem jogar suas pedras em mim. Não me importo. Não gosto dela e pronto. E acho que o Derek tem todo o direito de seguir em frente com a vida dele, namorar quem ele quiser e ser muito feliz. Pelo amor de Deus, esse homem tentou tudo com a Meredith e ela com esse medinho não sei de que - medo da vida, na minha franca opinião - deixou ele escapar pelos dedos. E o pior é que em episódios como o dessa semana você percebe que apesar de todas as tentativas que o Derek faz para esquecê-la, Meredith é a única coisa que ele tem na cabeça 24 horas por dia. Vai entender....

E enquanto Derek tenta dar um jeito em sua vida amorosa, o Chefe parece disposto a ter Adelle de volta a sua vida. E se dá bem. Miranda se vê obrigada a lidar com o fato de seu marido já estar namorando outra pessoa e Izzy quer muito contar para Alex que a Rebecca/Ava não está grávida de verdade. Como tudo em Grey's gira em torno de relacionamentos, o caso cirúrgico dessa semana não ia escapar da regra. E Meredith & Derek operaram um soldado, gay, que teve seu namorado a seu lado. O beijo dos dois, a cumplicidade, tudo me emocionou demais. Assim como a fragilidade da Cristina ao ver que não significou nada na vida do homem a quem ela se dedicou. Outro ponto forte foi o discurso de Miranda sobre ser uma mulher solteira e o de Cristina sobre Burkle ter ignorado tudo que ela fez por ele.

O show a parte ficou por conta da cara de tristeza do Mark "McSteamy" Sloane ao ser boicotado por todas as enfermeiras, ter suas cirurgias canceladas e ver que mesmo uma pessoa idônea como Miranda não conseguiu dizer nada de bom sobre ele. Até recusar sexo com a Callie ele recusou, e Sloane nunca recusa sexo. E por falar em Callie... será que ela vai mesmo acreditar que a Erica não é gay? Está tão claro que ela está muito a fim da Callie, e que todo esse papo de estar chateada por que as duas são amigas e coisa e tal não convence. É paixonite. Aguda.

Freaky moment? Cristina cantando Like a Virgin no necrotério..... Pare agora!

E para as fãs do McSteamy, fiquem de olho... mais cenas dele sem roupa no fim da temporada!

Músicas do episódio

Carmella (Four Tet Remix) by Beth Orton
Only Yesterday by Taken By Trees
Brighter Hour by The Submarines
Like a Virgin by Madonna
Mansard Roof by Vampire Weekend
Know When to Walk Away by Jay Clifford
Good Arms Vs. Bad Arms by Frightened Rabbit

4 comentários:

Si_Crazy disse...

Apesar de ainda ñ ter assistido a esse ep, eu concordo plenamente c/ vc... não suporto a Meredith... ooo mulher indecidida.
Fiquei toda empolgada na expectativa do McSteamy s/ roupa hahaha

Sissi Freire disse...

haha eu tb! Mais McSteamy sem roupa!!! E um descanso pra gente... sem Mer Grey... pls!

Anne Summers disse...

Ah jura que ficou assim.. acho que vou parar de ver então. :S

Sissi Freire disse...

nao para naoooooooooooooooooo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...